QueerLisboa.orgby PortugalGay.PT

8º Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa

16 a 25 de Setembro de 2004
Índice Português | English

Pré Festival:
Apresentação (25 Maio) | 1º Ciclo FNAC (26-31 Julho) | 2º Ciclo FNAC (8-15 Setembro)

Programa:
Dia a dia | Por Países | Por Anos | Salas/Temas

Detalhes do Filme "Black-Eyed"


Black-Eyed
(programa de curtas gays)
67 min. Bélgica, França, EUA, Austrália
Speculoos
Bélgica, 2003
Yves Cantraine
11 min., Cor
Francês s/ leg.

O que é a felicidade quando chegamos aos sessenta e cinco? As fantasias e os prazeres que daí advêm, o mundo como uma paisagem inigualável; ou o amor e a intimidade entre dois corpos envelhecidos que estão já acostumados um ao outro?
What is happiness when you are 65? The fantasy and the pleasure it provides, the world as a beautiful sight; or love and intimacy between two older bodies that are used to each other?

Combien?
França, 2003
Laurent Coltelloni e Gilles Tillet
8 min., Cor
Francês c/ leg. Inglês
Três casais em três quartos brincam a um jogo chamado "quantos?"!
Three couples in three bedrooms play a game called "how many?"!

Le Lait Nestlé
França, 2002
Hervé Joseph Lebrun
8 min., Cor

Um jovem exibe a sua fantasia: uma metáfora erótica e infantil sobre o leite paterno. Sozinho num apartamento, ele provoca o espectador enquanto se diverte com um tubo de leite condensado. Um rufia e um sedutor, ele atrai o olhar do voyeur com a sua performance exibicionista. Ele lambe, depois cobre o rosto e o rabo com o leite.
A young man shows off his fantasy: an erotic and childish metaphor of paternal milk. Alone in an apartment, he teases the spectator while having fun with concentrated milk. A rascal and seducer, he attracts the voyeur with his exhibitionist play. The guy licks, and then coats his face and ass with milk.

Les Stances de Dzyan
França, 2004
Hervé Joseph Lebrun
12 min., Cor
Francês e Inglês s/ leg.

Paris, Inverno de 2004. Começa um novo dia. Confrontado com a dúvida da sua própria existência, um jovem rememora as Estâncias de Dzyan. Existe algures neste vasto planeta um velho livro, o Livro de Dzyan (Dzyan da palavra em Sânscrito Dhyâna, que significa divina meditação e primeiro escrita em Senzar, linguagem hieroglífica tibetana, - 4000). E com o progresso do dia, o mundo progride à escala de um dia comparado à eternidade. A evocação de velhas batalhas e a evocação da semente, induzem-no à masturbação e à sensação de conforto. Depois, ao anoitecer, ele tomou como sua a grande roda do mundo. Filmado como uma visão dinâmica que absorve vozes e sons, onde o arcaísmo desvenda força e vida, "Les Stances de Dzyan" denuncia a precariedade afectiva.
Paris, winter 2004. A day begins. Confronted with the doubt of his own existence, a young man remembers the Stanzas of Dzyan. There exists somewhere in this wide world an old book, The Book of Dzyan (Dzyan from the Sanskrit word Dhyâna, mystic meditation, and first written in Senzar, Tibetan hieroglyphic language, - 4000). Then, as the day progresses, the world progresses at the scale of a day compared to eternity. The evocation of old battles and the evocation of seed induce him to masturbation and to the feeling of warming. Then, by evening, he had grasped the wheel of the world. Filmed as a dynamic vision which absorbs voices and sounds, where archaism reveals force and life, "Stanzas of Dzyan" denounces affective poverty.

Black-Eyed
EUA, 2002
Ryan Cox
21 min., Cor
Inglês s/ leg.

Um rapaz tenta terminar a relação com o seu namorado, mais velho do que ele e do qual é vitima de violência doméstica. Depois de uma violenta discussão que dura toda a noite, o rapaz procura refúgio na companhia de um fotógrafo especializado em documentar vítimas de abuso sexual. Depois de uma noite passada nos seus braços, o rapaz é, mais uma vez, rejeitado e decide voltar para casa, na esperança de que as coisas tenham mudado.
A boy tries to end his relationship with his older, abusive, lover. After discussing violently for a whole night, the boy seeks relief in the company of a photographer who documents abusive victims. After a night spent with him, the boy gets rejected once more, and decides to go back home, hoping that things have changed.

Fugue
Austrália, 2003
James Brown
5 min., Cor
Inglês s/ leg.

O filme gira em torno dos cinco amantes de Luke. Cada uma das histórias de amor retratadas enfatiza um novo aspecto da sexualidade de Luke. A paixão sexual, e todas as suas nuances, torna-se no leitmotif musical da sua personalidade. Esta curta de James Brown está estruturada de acordo com os preceitos musicais de uma fuga.
At the center of this film are Luke's five lovers. Each one of the love stories portrayed emphasises another aspect of Luke's sexuality. Sexual passion and all its fluctuations becomes the musical leitmotif for Luke's personality. James Brown's film is structured according to the musical precepts of a fugue.





Sábado, 18 - 19:00
Quarteto-Sala 3

Domingo, 19 - 17:00
Quarteto-Sala 3


© 2004-2020 PortugalGay.PT - Todos os direitos reservados
Visite o site oficial do festival em: www.lisbonfilmfest.com